segunda-feira, 27 de maio de 2013

Verdade ou mentira, Bolsa Prostituta?



 

Não tem bolsa prostituta. Tudo não passou de uma “brincadeira” que foi levada a sério. Mas leia toda a postagem e entenda tudo que aconteceu.

“Uma proposta polêmica, de autoria da senadora Maria Rita, do Partido dos Trabalhadores, foi aprovada na tarde desta quarta-feira, 15, por maioria de votos. Trata-se do pagamento de uma bolsa mensal no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para garotas de programa em todo país.

O objetivo da bolsa é dar a essas mulheres a possibilidade de terem uma vida mais digna, pois o dinheiro deve ser prioritariamente utilizado com prevenção de doenças”, explicou a senadora.

Segundo ela, o projeto tem interesse público, pois também tem o objetivo de disponibilizar pra clientela um serviço de melhor qualidade, já que as meninas poderão se cuidar melhor, pagar tratamentos estéticos, frequentar academias etc.”

O projeto de lei vai ser submetido à sanção da presidente Dilma e deve entrar em vigor até o início da copa de 2014.”
Fonte:


“A notícia inverídica diz que projeto de autoria da senadora Ana Rita (PT-ES) criaria uma bolsa de R$ 2 mil mensais para prostitutas.”
Fonte:

 O autor do blog Joselito Muller explicou que não imaginava  que uma brincadeira  seria levada a sério. Disse: “A postagem publicada em meu blog na qual afirmava que o Senado havia aprovado projeto de lei que concedia bolsa de dois mil reais mensais a garotas de programa, teve uma repercussão que jamais pensei.” E  explicou-se melhor ao longo do texto que  você pode ler aqui:


Nenhum comentário:

Postar um comentário